top of page

São Francisco de Assis


O Cântico das Criaturas (em italiano: Cantico delle creature; em latim: Laudes Creaturarum)

Francisco de Assis


Altíssimo, Omnitpotente, Bom senhor!

Teus são o louvor, a glória, a honra e a benção.

Louvado sejas, meu Senhor, com todas as tuas criaturas,

especialmente o senhor irmão sol, que clareia o dia

e que com a sua luz nos ilumina.

Ele é belo e radiante, com grande esplendor;

de ti, Altíssimo. é a imagem.


Louvado sejas meu Senhor, pela irmã lua e pelas estrelas,

que no céu formaste, claras, preciosas e belas.

Louvado sejas, meu Senhor, pelo irmão vento, pelo ar

e pelas nuvens, pelo entardecer e por todo o tempo com

que dás sustento às tuas criaturas.


Louvado sejas, meu Senhor, pela irmã água, útil e

humilde, preciosa e pura.

Louvado sejas, meu senhor, pelo irmão fogo, com o qual

iluminas a noite. É belo e alegre, vigoroso e forte.

Louvado sejas, meu Senhor, pela nossa irmã, a mãe terra,

que nos sustenta e governa, produz frutos diversos.

flores e ervas.

Louvado sejas, meu Senhor, pelos que perdoam, pelo teu

amor, e suportam as doenças e tribulações.

Louvai todos e bendizei ao meu Senhor,

dai-lhe graças e servi-o com grande humildade.

Comments


bottom of page