top of page

Um novo Capelão para a nossa comunidade religiosa


O Senhor Altíssimo deu-nos a graça singular de, a partir do dia 15 de Agosto de 2022, Solenidade da Assunção de Nossa Senhora, termos um novo Capelão: o Rev.do Senhor P.e João Chaves Bairos da Congregação dos Sacerdotes do Coração de Jesus. O Rev.do Padre Paulo Vieira, também da Congregação dos Sacerdotes do Coração de Jesus tinha sido nosso Capelão durante 2 anos (2020-2022) e agora foi transferido para a comunidade dehoniana de Alfragide. Aqui fica a nossa imensa gratidão pelo seu ministério sacerdotal e a sua pontualidade edificante.

Aqui vai um resumo do Curriculum que o Senhor Padre João Bairos teve a gentileza de nos ceder:

Padre João de Chaves Bairos, dehoniano (Sacerdotes do Coração de Jesus)

Nascido a 5 de março de 1942 (Santa Maria, Açores),

entrado no seminário (Colégio Missionário, dos Dehonianos, Funchal) em 1954.

Primeira profissão em 1962,

ordenado sacerdote em Roma a 19 de dezembro de 1969.

Licenciado em Teologia dogmática e História da Igreja.

Frequentou o curso da Academia Militar em Lisboa seguindo para o Ultramar (Angola), como capelão do Exército, em 1973.

Transferido para a Marinha nos finais de 1973, serviu a Armada, sempre como capelão, único e chefe de serviço para todo o território angolano, com sede em Luanda e servindo as unidades: comando naval, navios e companhias e destacamentos de fuzileiros no território angolano passando à reserva/disponibilidade em agosto de 1975.

Posteriormente, serviria a sua Congregação em Alfragide (Lisboa), no seminário e paróquia locais, no ano pastoral de 1976-1977; no Colégio Missionário do Funchal, como superior desse seminário menor da Congregação, de 1977 a 1980; no Colégio Infante do Monte, sempre na Madeira, como superior da comunidade religiosa e diretor do Colégio, de 1980 a 1983.

Voltaria, no início de 1984, ao Seminário de Alfragide, como vigário paroquial da paróquia local, assumindo em contemporâneo o serviço de “colaborador local” na Nunciatura Apostólica de Lisboa, até abril de 1989, data em que seria transferido para a Casa Geral da Congregação em Roma, onde iria exercer o cargo de Vice-Secretário Geral. Em 1991 deixaria este último cargo, continuando em Roma até setembro de 2007, ao serviço da Santa Sé como oficial da Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos.

Regressado a Portugal em setembro de 2007, serviu a Província Portuguesa dos Dehonianos como Secretário Provincial (2007-2012), vigário paroquial de Carnaxide e Queijas (2012 e 2013), pároco do Livramento (São Miguel, Açores, de 2013 a 2015), Reitor do Santuário da Rocha, em Queijas (de 2015 a 2019), colaborador nas paróquias do Forte da Casa e da Póvoa de Santa Iria, Alverca (de 2019 a 2022). Em agosto de 2022, regressaria a São Miguel, à comunidade dehoniana do Centro Missionário, servindo a Igreja local como colaborador de pastoral, vindo entretanto a assumir a capelania do Mosteiro de Nª Senhora das Mercês – comunidade de Irmãs Clarissas na Freguesia de Calhetas, Concelho da Ribeira Grande.

Bình luận


bottom of page